Youtube killed television

Ou Oito Canais Preferidos.

Depois de conversas sobre vlogs com a Tary, criatura iluminada and fofa and minha amiga and vou encontrar com ela daqui a menos de um mês (ninguém queria saber, mas hoje estou rebelde), cheguei à conclusão de que passou da hora de falar sobre a fonte de entretenimento que mais me deixa fascinada e que mais toma meu tempo. Enquanto minhas queridas amigas discutem os capítulos da novela das sete e me fazem amá-las cada dia mais por serem capazes de quase analisar a novela sociologiamente, eu estudo à noite (quando não estou em greve, claro) e não me apego mais aos programas disponíveis na sala da família brasileira.

Não me entendam mal, sinto muita falta das novelas mexicanas. Tá pra nascer genialidade como aquela. Mas desde que descobri as maravilhas de uma conexão rápida somada aos sites certos, não tenho tempo pra mais nada. Ser feliz na era digital me consome muito. As séries que não passam em nenhum canal a cabo contribuem muito pra isso, mas é ele que substituiu toda e qualquer importância do guia de canais que fica na minha sala. O youtube, essa maravilha que nem todo mundo sabe usar.
Eu sou simplesmente apaixonada pelo formato que ele permite. Uma comunicação direta, a opinião sem maiores manipulações e o melhor: qualquer um pode participar de diversas formas. Pra declarar oficialmente meu amor por essa ferramente dos deuses, antes que ela seja completamente tomada pelas propagandas inconvientes ou sei lá mais o quê, decidi fazer uma lista com os melhores canais no Youtube. Desde vlogs pessoais, passando pela febre dos canais literários, até webséries que dão um banho em vários programas sendo exibidos atualmente. A maioria dos canais que eu acompanho são em inglês, porque ainda não sou nenhuma expert em vlogs nacionais. Então se você tem alguma dica legal, feel free.
8. Liam Dryden
Uma coisa que me faz gostar do youtube e do formato de vlogs: a troca de opiniões é fácil e pronto. Você pode conhecer outros estilos de vida de uma forma muito mais real do que aqueles reality shows nada reais da MTV (nada contra, eu sempre via My Super Sweet 16. Me processem). Talvez você não concorde com todas as opiniões de uma pessoa, mas é interessante existir a possibilidade de dizer a ela que discorda. E ELA NÃO XINGAR A SUA MÃE! O canal do Liam é basicamente isso. Um cara normal falando sobre o que vem à cabeça. Exceto que são coisas que talvez você se identifique ou talvez queira pensar sobre.

7. Beijo Me Clica
Nacional, yey! Descobri esse canal há pouco tempo, o que faz todo sentido já que ele existe há pouco tempo, dã. A Luciana começou o vlog agora e eu adorei ter encontrado. Meu maior problema com vlogs nacionais é que os que eu conheço são simplesmente pra gongar alguma coisa. Veja bem, não estou dizendo que todos sejam assim, só que eu não dei muita sorte. Mas até agora adorei todos os vídeos que vi. É um humor saudável, sem efeitos colaterais normalmente adquiridos depois de alguns minutos de blablabla essa geração blablabla banda ruim e por aí vai. Engraçado e identificável.

6. Community Chanel
Também descobri esse canal há pouco tempo e, apesar de estar desatualizado há alguns meses, tenho fortes esperanças de que a menina volte. Porque, gente, o mundo precisa disso. É engraçado e todos os vídeos me fazem pensar sobre uns comportamentos sociais estranhos que eu tenho. I know, I’m weird. Além do mais, os vídeos são muito bem produzidos.
 
5. TimH
Eu sei o que vocês estão pensando. Sim, ele é bonito. E daí? Não significa que só porque ele é bonito e britânico eu assisto ao canal dele…Claro, não tenho nada contra felicitar meus olhos e ouvidos com um car fofo falando erres e tês de uma maneira adorável, mas os vídeos são realmente legais. Especialmente os da série Evolution of Music. O canal é sempre atualizado e geralmente os vídeos são bons e bem produzidos. (Eu amo esse vídeo e se você não rir na cena do carro…bom, nada não. Você só não riu)

4. Isaac Sabe
Vlogs literários, finalmente. Provavelmente todo mundo já conhece o blog e o vlog da Luara. Pra mim ela é, sem dúvida, a melhor booktuber brasileira. Não tenho muita paciência pra milhares de vídeo-resenhas sobre livros que eu nunca vou ler. Chatice minha mesmo. O conteúdo dos vídeos da Luara é ótimo, ela lê uns livros muito bons e sempre procura falar sobre assuntos que prendam a nossa atenção e sejam construtivos. Não perco um vídeo e loto minha lista de leitura com o que ela indica.

3. Elmify
Mundo, você precisa conhecer essa menina. Eu me pergunto se ela não está enganando todo mundo fingindo que é uma pessoa normal com uma câmera quando na verdade é uma atriz profissional. É um dos meus canais preferidos porque eu rio como uma maníaca do senso de humor auto-depreciativo dela e ao mesmo tempo me não me sinto tão weird assim. 
 

2. Ze Frank
Por favor, apenas avisem ao Ze que ele precisa se transformar em algum tipo de robô de bolso pra ir comigo a todos os lugares e pra que eu possa sempre ouvir o que ele tem a dizer sobre tudo e qualquer coisa. Apenas.
1. Vlogbrothers
Finalmente, meu canal preferido. Canal preferido, pessoas preferidas. John Green se tornou conhecido no Brasil há alguns dias graças ao lançamento bombástico do novo livro dele. Também conhecido como meu-livro-preferido-corações. Mas o Hank é alguém que o mundo também devia conhecer. O canal é incrível, eles são engraçados-de-um-jeito-nerd, os assuntos são muitas vezes inteligentes. Quando não são inteligentes, são apenas incrivelmente divertidos e awesome. Eu tenho um carinho gigantesco por esse canal e por tudo que ele me proporcionou até agora.

Depois disso tudo, só queria que vocês soubessem que meu aniversário é dia 10 de outubro e que a imagem abaixo é um link. Aprendam a reconhecer indiretas, pessoas.